Bug no eSocial? Não, é validade vencida mesmo

O problema é que ninguém informou sobre a antecipação do cadastro para o novo código de acesso, já que o prazo de vencimento deveria ser apenas em outubro, e não agora, oito meses antes da data.

A mensagem é apenas mais uma segurança para evitar fraudes, sobretudo com a Receita Federal. “É uma bobagem. Como o empregador tem a obrigação de fazer a declaração de Imposto de Renda e tem que repassar todos os dados para o portal, e como toda transação precisa de CPF, bastaria cruzar os dados do CPF com o cadastro de declaração anual.

O início foi caótico, agora melhorou sensivelmente. Mas ainda existem funcionalidades não implementadas e alguns problemas como a emissão do informe de rendimentos, que é o documento que mostra o histórico que o empregador pagou as contribuições e impostos. Ele podia ser impresso, o que era uma garantia para o patrão, mas está bloqueado. Isso gera prejuízo também para o trabalhador.

Confira a entrevista completa 

 

Deixe seu comentário

Cadastre-se e receba em seu email as nossas novidades e dicas!