Cautela ao usar o FGTS como garantia para consignado

Essa liberação para empréstimos consignados é vista com desconfiança por nós, pois avaliamos que a nova modalidade de crédito vai reduzir ”muito pouco” a taxa de juros cobrada pelos bancos que já são abusivas. Esse tipo de crédito com desconto em folha vai aumentar ainda mais o número de trabalhadores com dívidas, o aumento de consumo para movimentar a economia será insignificante. O dinheiro da multa de 40% sobre o saldo do FGTS em caso de demissão é sacado de imediato pelo trabalhador onde ele pode usar de forma muito mais produtiva, como por exemplo, quitar dívida com o cartão de crédito ou empréstimos, que têm juros na estratosfera, ou ajudar o trabalhador a se manter enquanto não arruma outro emprego, ou investir em um negócio próprio.

 

 

Deixe seu comentário

Cadastre-se e receba em seu email as nossas novidades e dicas!