Novas regras para contratar e demitir domésticas

Em entrevista ao Jornal Tribuna, do Espirito Santo, tive a oportunidade de falar sobre as novas regras para contratação e demissão no emprego doméstico.

”Hoje, no emprego doméstico, a cada três trabalhadores, só um tem carteira assinada. Cuidador de idoso, por exemplo, 90% são informais, porque trabalham muito por horas. A jornada intermitente possibilita contratar formalmente essa pessoa e, até mesmo, muitas diaristas.

Os empregadores já fazem esse recolhimento diluído no eSocial todos os meses e fica e uma conta vinculada ao FGTS”.

Deixe seu comentário

Cadastre-se e receba em seu email as nossas novidades e dicas!